Quo Vadis (1951) - Épico

Quo Vadis (1951) - Épico

Após três anos em campanha, o general Marcus Vinicius (Robert Taylor) retorna à Roma e encontra Lygia (Deborah Kerr), por quem se apaixona. Ela é uma cristã e não quer nenhum envolvimento com um guerreiro, mas apesar de ter sido criada como romana Lygia é a filha adotiva de um general aposentado e, teoricamente, uma refém de Roma. Marcus procura o imperador Nero (Peter Ustinov) para que ela lhe seja dada pelos serviços que ele fez. Lygia se ressente, mas de alguma forma se apaixona por Marcus. Enquanto isso as atrocidades de Nero são cada vez mais ultrajantes. Quando ele queima Roma e culpa os cristãos, Marcus salva Lygia e a família dela. Nero captura os todos os cristãos e os atira aos leões, mas no final Marcus, Lygia e o cristianismo prevalecerão.

Tópico: Quo Vadis (1951) - Épico

Filme "Quo Vadis"

Alaercio | 03/12/2013

Assisti na minha adolescência e, na época, gostei muito. Assistí-lo agora foi muito gratificante, pois, além de me trazer recordações de um tempo já longinquo ( tenho 73 ), me deu oportunidade de analisá-lo com mais maturidade. Foi muito bom ! Recomendo para quem aprecia filmes do gênero Bíblico, afora o fato dos atores serem de uma qualidade hoje extinta. Afinal, quando foi feito não havia os recursos técnicos de hoje. É como os pilotos da era Ayrton Senna: Era no braço . . .

Novo comentário